Sobre mim

Eu sou a Francine Dias, sou Artista Holística e ajudo mulheres incríveis a lidarem de forma mais amorosa e compassiva com elas mesmas e com os seus agitados Universos Internos pra que, assim, elas possam se sentir livres pra se conectarem com quem verdadeiramente são.

Você já passou por algum momento da sua vida em que o seu diálogo interno era tão hostil e turbulento que não conseguia ouvir direito a sua intuição nem o que fazia seu coração bater mais forte?

Eu já! E conheço bem essa sensação pinicante… ela aperta o peito, nos apequena e amedronta.

Nos meus 30 anos, na plenitude de um retorno de Saturno bem dolorido, eu fui soterrada pela gigantesca bagunça que estava o meu Universo Interno.
Eu tinha recém saído de uma década de relacionamento abusivo baseado em gaslighting e em outras formas bem bizarras de manipulação psicológica. Minha saúde tinha despirocado e eu passava os dias entre consultórios médicos, exames que eu nunca tinha ouvido falar e prognósticos bem assustadores.
Vivia no medo paralisante, com muitas ideias de trabalho incríveis e me sentindo terrivelmente insuficiente e incapaz de pôr os meus planos em prática. Eu não fazia ideia de onde tinha ido parar a criança espiritualizada que eu era e sentia muita falta da minha fé.

Era tanto barulho interno, tanta emoção confusa, tantas percepções distorcidas que eu não conseguia sequer saber, no meio disso tudo, o que era eu e o que eram as minhas emoções.

A solução chegou até mim por sincronicidades, por pessoas queridas e pela minha própria busca. Uma frase seria o norte de toda uma revolução interna.

Você já tem tudo de que precisa aí dentro.

Eu confiei e mergulhei fundo em mim mesma, eu sentia que não existiam outras alternativas, esse era o único caminho a ser percorrido. Se havia dor, havia de ter cura também!

Então, munida das minhas mais estimadas ferramentas – arte, poesia e ludicidade – eu comecei uma jornada de reconhecimento das personagens que habitam o meu Universo Interno.

Na bagunça das minhas emoções eu passei a me concentrar em entender qual delas estava falando mais alto, o que ela estava expressando e como eu a reconhecia no meu corpo. Foi aí que eu comecei a identificá-las, desenhava, nomeava e criava uma história pra cada emoção que eu percebia. Entendi que eram passageiras, por isso as dei asas. As emoções foram transformadas em Fadas.

A cada nova Fada que nascia entre papéis, tintas e palavras eu resgatava um pouco mais de mim mesma. Me aprofundava no meu Universo Interno e ia aprendendo a acolher as minhas fadas-emoções e me reconectando comigo mesma, com a minha essência, com quem eu verdadeiramente sou.

Em um longo e intenso processo de autoconhecimento nada romantizado, com muito choro e risadas, com muita poesia e tropeços e fui recuperando a minha saúde, pois o meu corpo estava agora reagindo positivamente às mudanças internas e externas que eu tinha feito em todas as áreas da minha vida com ajuda das minhas Fadas.
Restabeleci minha fé no universo e em mim mesma, determinei novos padrões pras minhas relações afetivas, família, amigos. Encontrei um grande amor.

Me dediquei a entender mais sobre as emoções e os processos emocionais, espiritualidade, física quântica, escrita terapêutica, mitologia, sagrado feminino. No princípio, por uma necessidade minha, pra acalmar as minhas próprias dores, mas logo em seguida eu percebi que esse Universo lúdico-poético de Fadas que eu havia criado poderia ser útil pra outras pessoas que estavam passando pelo que eu tinha passado.

Reconheci que essa era a minha missão, ajudar outras mulheres a se libertarem de suas dores e se reconectarem com quem verdadeiramente são, usando minhas tão estimadas ferramentas mágicas – arte, poesia e ludicidade.

Coloquei as Fadas à serviço de quem precisa dessas curas, criei jornadas-rituais e as transformei em produtos mágicos que transmutam emoções pesadas em alegria e leveza. Libertam, curam e conectam.

O que falam sobre a Caixa Mágica para Mulheres Aladas que eu desenvolvi orientada por essa missão

“Fez muito sentido! Foi intuitivo, foi cuidadoso, foi amoroso. Eu vi afeto em cada detalhe e eu flui pelo processo. Eu me senti como uma criança caminhando por uma estrada, descobrindo o caminho, me encantando com cada paisagem. E eu chorei muito, eu senti uma gratidão imensa. Foi bem catártico. E sabe que coisas mágicas tem acontecido? Eu acho que desatei algum nó”.

FERNANDA D. C. LEITE

“Ler sobre a história da Fada e também a oração, me dá a sensação de poder, faz eu me lembrar que tenho toda a força necessária pra encarar os desafios e ao mesmo tempo ressalta todo o amor que há no meu coração. Além disso, com o altar, transformei um espaço comum em um espaço de tranquilidade e magia, onde eu possa ir sempre que precisar deixar de lado tudo aquilo que não me serve mais”.

Camilla B. Moraes

“Fiquei emocionada ao perceber que a fada está em mim, e portanto essa força, o ensino amoroso e suas sementes incontíveis também. Senti gratidão por ser quem sou e ainda mais vontade de voar, confiante nas minhas raízes sólidas. Me identifiquei, e melhor, aceitei a mulher potente que sou e recebi uma recarga valiosa de coragem e amor pra seguir trilhando meu caminho. Muito grata por tudo”!

Cristine S. Trinca

Nós crescemos, estudamos, desenvolvemos habilidades convenientes pro trabalho, nos aprimoramos em uma porção de coisas, mas… é bem provável que se pintasse agora um questionário bem básico sobre nós mesmas, ficaríamos perdidinhas e indignadas, porque algumas respostas não encontramos nem no google.

Com a Nova Era batendo à porta e uma pandemia pra chacoalhar as estruturas das nossas certezas, nos vimos sem saber lidar com os nossos sentimentos transbordantes. O caos de fora refletindo o caos de dentro.

A boa notícia é que estamos entrando numa era de nutrição e conexão, em que olhar pra dentro e reconhecer as paisagens emocionais internas e das pessoas ao nosso redor é fundamental e urgente. Saúde emocional importa! O que você sente importa!

Emoções são matérias-primas sensíveis e que exigem muito cuidado e acolhimento, por isso eu acredito no desenvolvimento das competências socioemocionais com leveza, amorosidade e compaixão. E com as minhas ferramentas mágicas, claro! Arte, poesia e ludicidade.

Clique aqui abaixo e venha conhecer o Círculo Mágico das Fadas e as possibilidades que eu criei com tanto amor e entrega pra ajudar você a se libertar de suas incômodas dores e pinicâncias, a se relacionar de forma mais compassiva e amorosa com as suas emoções e se conectar profunda e verdadeiramente com você mesma e as maravilhosidades que habitam aí dentro.


Venha pro Círculo Mágico das Fadas!


Pois, sim!
Você já tem tudo de que precisa aí dentro!

%d blogueiros gostam disto: